A salvação dos gordos em botecos

Eu já aprendi a posição certa. Como me equilibrar. Mas vou dizer a vocês… é dura a vida de gordo em boteco com cadeira de plástico. Já fui responsável pelo óbito de algumas. Não que eu dê a mínima pras cadeiras, mas o mico que vem embutido àquela lenta queda, quando as pernas da cadeira vão se abrindo devagarzinho e você percebe seu destino sem poder fazer nada é enorme.

Mas se depender do designer Maarten Baas, os dias de prender a respiração e evitar movimentos enquanto
estão nessas cadeiras estão acabados para nós gordos. Isso porque ele fez essa cadeira, de madeira, mas com design de cadeira de plástico.

E pra quem é ligado nessas coisas de meio ambiente, ela também é uma boa, afinal, árvore dá pra plantar e compensar pela morte das usadas pra fazê-las. Os prejuízos ambientais com cadeiras de plástico são bem maiores.

Mas eu honestamente tô cagando pra isso. Só tô feliz que os dias de tombos constrangedores estão chegando ao fim!

Dica do Update or Die.

Anúncios

One Response to A salvação dos gordos em botecos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: