Esse dia na música

Eu já conhecia esse site há algum tempo, mas nem lembrava dele, até que alguém na Valinor abriu um tópico falando disso e pensei em compartilhar com vocês. Um site onde você coloca a data do seu nascimento (na verdade, qualquer data que quiser) e pode ver que música estava em primeiro lugar nas paradas naquele dia, em 3 países diferentes (EUA, Reino Unido e Austrália).

No dia do meu nascimento (5/10/1983), os hits eram: Total Eclipse of the Heart (da Bonnie Tyler, a música brega mais foda de todos os tempos) nos EUA e Karma Chameleon (do Culture Club, banda do bizarro Boy George) no Reino Unido. Na Austrália era uma banda estranha que nunca ouvi falar e achei irrelevante pôr aqui.

E, hm, vamos ver outra data aleatória. Tá, no dia do gol de barriga do Renato Gaúcho contra o Flamengo (25/6/1995), os hits eram: Unchained Melody/The White Cliffs Of Dover (com Robson & Jerome – wtf, né gente? Parece nome de banda sertaneja) no Reino Unido, Have You Ever Really Loved A Woman? (do Bryan Adams – so tell me have you ever really, really really ever loved a woman…) nos EUA e outro troço desconhecido na Austrália.

E vocês? Quais são as músicas dos seus dias relevantes?

EDIT: Duh, eu tinha esquecido o link.

Anúncios

9 Responses to Esse dia na música

  1. Pronto, já editei. Tinha esquecido.

  2. Juliana Peralta disse:

    Xan,

    Coloca o link, também quero brincar!

  3. Eu já coloquei o link, ué.

  4. Juliana Peralta disse:

    Tava sem o link, ué!

    No mais, esse site de cute nerds é complexo, hein????

  5. [barba] disse:

    parece a dica que eu dei no dia 14
    porém esse site dá a música mais tocada no mundo todo

    http://arteevicio.com/fica-a-dica/dicas-para-os-viciados-em-musica/

  6. putz, eu nem tinha visto esse seu post… deixa eu ver se o resultado é o mesmo… vixe, não tá abrindo.

  7. [big brother] disse:

    Pq o Boy George foi taxado como “bizarro”? O cara é andrógeno. Não curto o cara, mas isso aí parece preconceito disfarçado.

  8. Eu não tenho preconceito contra o fato dele ser andrógeno. Bowie também é e é um dos meus ídolos. Mas aquela figura gorda, branquela, com dreads (agora careca, mas whatever) e ainda por cima andrógena (sendo apenas um bônus para o todo), sempre foi no mínimo peculiar, para não dizer excêntrico.

    Quando eu chamei de bizarro, foi com essa conotação. Não foi nem uma crítica nem um elogio, apenas uma constatação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: