What Teachers Make

Tava lendo meus feeds hoje cedo quando vi esse post no Update or Die sobre o World’s Best Presentation Contest, um concurso que, como o nome já deixa claro, premia as melhores apresentações. Aí resolvi ver as que o autor do post recomendou, e uma delas (que sequer ganhou nada) me deixou arrepiado. Realmente emocionado e arrepiado.

É um poema , do “slam poet” e professor Taylor Mali (slam poetry, de acordo com a Wikipedia, é um tipo de poesia recitada ao vivo onde os poetas competem entre si sendo julgados por membros previamente selecionados na platéia).

Ele fala, de forma eloqüente, sobre um jantar onde ele, como professor, foi ironizado, e depois questionado sobre o que os professores fazem.

Ele respondeu, com honestidade. E depois cedeu esse poema para que fizessem uma apresentação naquele velho esqueminha de “Pulp Fiction in Typography”. Bom pra quem servir de legenda pra quem não entender direito, mas também dá pra achar o discurso com ele falando de microfone em punho no Youtube diante de uma platéia insandecida (aqui, mais especificamente).

Veja abaixo:

Anúncios

7 Responses to What Teachers Make

  1. Essa apresentação é fantástica. Fiz questão de citá-la no meu post no UorD, porque, apesar de não ter recebido nenhum prêmio, ela me motivou ainda mais a continuar usando o que seria meu tempo livre para dar aulas.

    Um abraço,
    Luiz Felipe

  2. Ih, não vi que era você o autor do post Alexandre! Fizemos alguns cursos juntos na ESPM e trabalhei na NBS, tudo bem?

    Te adicionei no Facebook, abraços!

  3. Opa, cara, beleza?

    Eu tb não tinha reparado que era você quando li o post no UoD. Mundinho pequeno… ehehehe

  4. […] eu tinha acabado de atualizar o iGoogle quando apareceu um novo feed atualizado, e era justamente o Vida Ordinária falando sobre a mesma apresentação dos professores, com mais umas informações bem legais sobre […]

  5. Jorge disse:

    Pois é… eu tinha visto essa piadinha do “Who cant’t, teach” num filme do Woody Allen.
    Ele gastou e mandou bem, embora esse tipo de critica aos professores pegaria meio mal num país como o Brasil onde os professores geralmente sobrevivem. Só.

  6. Mariana disse:

    Eu não vejo a hora de poder ser professora além das pesquisas e além de ser aluna. Muito legal isso aí, que sirva de exemplo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: