Tirinha de Semana

outubro 6, 2008

Do Cyanide e Happinness Traduzidos, é claro.

Anúncios

Fantasmas do passado: Fat Family

outubro 6, 2008

Não é porque eu sou gordo que eu vou chegar aqui e defender essa trupe familiar que surgiu na segunda metade dos anos 90 assassinando Shy Guy da Diana King com a sua Jeito Sexy.

“Oh Baby!
Dance, dance, dance
Vem mexendo assim
Não pare, pare, pare
Com seu jeitinho
Sexy, sexy, sexy”

Eles só esquecem de dizer que esse dance, dance, dance só se refere ao pescoço. Num tempo em que o funk carioca tava na moda com a dança da bundinha, dança da cabeça e afins, os paulistas do Fat Family surgiram com a dança do pescoço.

“No meu ouvido
Fala, me fala
Me fala-me…”

O que é o bom português, não é, minha gente? “Me fala-me”. Incrível.

Fora isso, o repertório deles se resumia a cantar Oh Happy Day e Killing Me Softly no programa do Faustão. E apesar de chegada em peso na mídia (ahn, ahn), logo caíram no ostracismo e sumiram (o que, considerando o tamanho da rapaziada, era difícil).

Mas também, quer o que? Olha só a foto acima. Saca o naipe das figuras. Falando no vocabulário deles, “se fuderam-se”.

Esquecidos pela mídia, mas lembrados pelo Vida Ordinária. Só que com certeza não foi pelo jeitinho sexy.

.

E quando a gente voltar, vamos rever a Fergie brasileira e sua banda de pagode de apoio: Adryana e a Rapaziada!